Economia

Luz cai mas pão sobe em 2021

Subida do preço do pão deve-se a aumento do salário mínimo e do preço da farinha.

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) ditou que os preços de venda a clientes finais no mercado regulado (cerca de um milhão de clientes) desçam 0,6% a partir de 1 de janeiro.

«A variação apresentada é relativa ao preço médio de 2020, integrando a revisão em baixa da tarifa de energia em abril, no valor de 5 euros por MWh, e que se refletiu numa redução da tarifa transitória de venda a clientes finais a vigorar até dezembro deste ano».

Já o preço do pão deverá subir no próximo ano, devido ao aumento do salário mínimo e do preço da farinha, garantiu a associação que representa o setor da panificação.