Internacional

Reino Unido regista casos de nova estirpe do coronavírus "mais transmissível"

Variante está ligada à África do Sul.

O Reino unido confirmou esta quarta-feira que se registaram dois casos no país de uma variante do novo coronavírus ligada à África do Sul.

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, adiantou esta terça-feira em conferência de imprensa que os casos se referem a pessoas que regressaram da África do Sul nas últimas semanas.

Os dois infetados estão em quarentena, assim como as pessoas com quem estiveram desde que chegaram do país africano.

Segundo a Sky News, trata-se de uma variante ainda “mais transmissível” do que aquela que já circulava no território britânico, detetada em meados de dezembro.

“Esta nova variante é muito preocupante porque é ainda mais transmissível e parece ter sofrido mais mutações do que a nova variante que foi descoberta no Reino Unido”, afirmou o governante em Downing Street.

Hancock explicou que a nova estirpe vai ser “analisada” e afirmou foram impostas restrições com efeito imediato às viagens de e para a África do Sul. O ministro alertou ainda que quem esteve em contacto com alguém que viajou da África do Sul nos últimos 17 dias, deve ficar em isolamento profilático.

O responsável disse ainda que o governo britânico está “incrivelmente agradecido ao governo sul-africano pelo rigor da sua ciência, e pela abertura e transparência com que agiram como nós fizemos quando descobrimos a nova variante aqui”.