Desporto

Wolverhampton empata com Tottenham em jogo frenético

A equipa de José Mourinho adiantou-se cedo no marcador, mas os lobos chegaram ao empate perto do fim da partida da 15ª jornada da Premier League.


O relógio não marcava ainda um minuto quando Tanguy Ndombélé, assistido por Ben Davies, inaugurou o marcador, deixando Rui Patrício incrédulo. O Tottenham vencia assim por uma bola a zero no início da partida.

Os lobos, que contam com nove portugueses no seu plantel, viram o seu plano de jogo mudar com o golo madrugador, que manteve o marcador em vantagem para o Tottenham durante a maior parte do jogo.

Na segunda metade, os lobos procuraram diminuir a vantagem. À medida que o relógio se ia aproximando dos 90 minutos, o Wolverhampton bombardeou a baliza do Tottenham, mas via o jogo ditar que não seria esta a sua noite. Mas os lobos fintaram o destino e conseguiram o empate no minuto 86, com um canto batido por Pedro Neto, que levou ao cabeceamento de Saiss.

Seis minutos de descontos aumentaram os ritmos cardíacos em Wolverhampton, com a equipa de Nuno Espírito Santo a tentar tudo para retirar três pontos da partida, incluindo várias jogadas muito perigosas para defesa de Joe Hart, que teve uma difícil tarefa ao longo de toda a partida.

Mas os esforços do Wolverhampton não deram frutos, e a partida acabou mesmo num empate a uma bola, em que o Tottenham não fez mais do que defender na segunda metade da partida, e valeu-se do golo madrugador para assegurar mais um ponto na Premier League.

O Tottenham de José Mourinho, que vinha de uma pesada derrota com o Leicester City por duas bolas a zero, conseguiu assim recuperar o fôlego e colocar-se no quinto lugar na Premier League, com 26 pontos.

Já o Wolverhampton assegura o 11º lugar na Premier League, preparando-se para confrontar o Manchester United na terça-feira (29) em Old Trafford.

 

Os comentários estão desactivados.