Tecnologia

Gigantes da tecnologia suspendem rede social Parler

Amazon e Apple juntam-se à Google no boicote à rede social alternativa ao Twitter.

A Apple e a Google suspenderam a aplicação nas suas lojas virtuais, ao passo que a Amazon vai retirar a rede social dos seus servidores.

A rede social é conhecida pela sua popularidade entre conservadores e membros de extrema-direita. Após a remoção de Donald Trump da rede social Twitter, a Parler ganhou nova fama, e foi mesmo o pano de fundo onde foi organizada, em parte, a invasão ao Capitólio nos EUA, acusam as gigantes tecnológicas.

A aplicação ganhou a sua fama devido à pouca regulação de conteúdos, sendo rapidamente aproveitada por fãs de teorias da conspiração e meios de organização anti-establishment, nomeadamente nos EUA.

"Sempre defendemos que haja diferentes pontos de vista representados na App Store [a loja da Apple], mas na nossa plataforma não há lugar para ameaças ou atividades ilegais. A Parler não tomou as medidas adequadas para responder à proliferação dessas ameaças à segurança das pessoas", afirmou a Apple em comunicado.