Economia

Zona euro com excedente comercial de 234,5 mil milhões em 2020

Em 2020, as exportações na zona euro recuaram 9,2% e as importações desceram 10,8%, em comparação com 2019. Segundo o gabinete estatístico europeu, na UE, as exportações para o resto do mundo registaram uma descida de 9,4%, face a 2019, enquanto as importações recuaram 11,6%.

A zona euro registou em 2020 um excedente comercial externo de 234,5 mil milhões de euros (221 mil milhões em 2019) e a União Europeia (UE) de 217,3 mil milhões (191,5 mil milhões), divulgou esta segunda-feira o Eurostat.

Segundo o gabinete estatístico europeu, as exportações na zona euro recuaram 9,2% para os 2 131,4 mil milhões de euros, enquanto as importações desceram 10,8% para os 1 897,0 mil milhões durante o ano passado, em comparação com 2019.

Já na UE, as exportações para o resto do mundo ascenderam a 1 931,6 mil milhões de euros em 2020, o que representa uma descida de 9,4%, face a 2019, e as importações recuaram 11,6% para os 1 1 714,3 mil milhões.

Numa análise aos números de dezembro de 2020, o Eurostat adianta que a zona euro registou um excedente da sua balança comercial externa de 29,2 mil milhões de euros no comércio de bens com o resto do mundo (22,6 mil milhões de euros em dezembro de 2019) e a UE de 30,1 mil milhões de euros (22,1 mil milhões em dezembro do ano anterior).