Sociedade

EMA também recomenda vacina AstraZeneca para pessoas com mais de 65 anos

A Agência Europeia do Medicamento afirma que a vacina é recomendada para pessoas com mais de 65 anos. No entanto, no que diz respeito à administração em crianças, a autoridade reitera que ainda não há estudos suficientes. 


A Agência Europeia do Medicamento (EMA) terminou, esta quinta-feira, com as dúvidas sobre a administração da vacina da AstraZeneca, desenvolvida com a Universidade de Oxford. Apesar de ter sido aprovada para uso na União Europeia, a 29 de janeiro, vários países desaconselharam a sua administração em pessoas com mais de 65 anos, por não haver resultados suficientes sobre a sua eficácia nesta faixa etária.

No entanto, nas primeiras conclusões sobre a vacina, emitidas esta quinta-feira, a EMA afirma que "é esperada a proteção, dada a resposta imunitária vista nessa faixa etária e com base na experiência das outras vacinas". No entanto, reconhece que ainda espera "mais informação de estudos". 

"Os especialistas da EMA consideram que a vacina pode ser usada nos adultos mais velhos. Esperamos mais informação de estudos, incluído uma maior proporção de participantes idosos", lê-se.

No mesmo relatório, a autoridade de saúde reitera que a vacina não é recomendada para menores de 18 anos, acrescentando que foi acordado um plano que prevê a condução de ensaios clínicos com crianças no futuro.