Internacional

Facebook remove página do exército de Myanmar

A eliminação da página surge um dia após as forças de segurança terem disparado sobre manifestantes.

O Facebook eliminou, este domingo, a principal página do exército de Myanmar por "repetidas violações" dos padrões da rede social que "proíbem o incitamento à violência".

"De acordo com as nossas políticas globais, eliminámos a página Tatmadaw True News por repetidas violações dos nossos padrões, que proíbem o incitamento à violência", disse um porta-voz do Facebook à agência de notícias espanhola Efe.

A eliminação da página surge um dia após as forças de segurança terem disparado sobre manifestantes. Nos confrontos de sábado, pelo menos duas pessoas e 20 ficaram feridas nos protestos violentos contra o golpe militar na ântiga Birmânia.