Vida

Neta de Eunice Muñoz critica Cristina Ferreira e Pedro Teixeira: "Fantochada"

Além de Lídia Munõz, também o ator Gonçalo Ícaro e Margarida Bakker, filha de Alexandra Lencastre, deixaram críticas à nova diretora de Entretenimento e Ficção da TVI. 

Lídia Muñoz, atriz que seguiu os passos da avó Eunice Muñoz, utilizou as redes sociais para se juntar aos muitos jovens atores que têm apontado críticas a Cristina Ferreira e à TVI. Em causa está uma notícia avançada pela imprensa cor-de-rosa, que dá conta de que a nova diretora de Entretenimento e Ficção da estação de Queluz terá contratado a filha de Maria Cerqueira Gomes, Francisca Cerqueira Gomes, que não tem formação em representação, para se estrear numa nova novela do canal.

“Não achem que este é um texto sério, já não são permitidos! Estudei para ser atriz. De todos os atores e profissionais que conheci, desde miúda, no Teatro Nacional e pelos teatros por onde passou a minha avó, notei-lhe a todos uma coisa em comum: a formação profissional e académica e o orgulho que tinham nisso. Foi assim que aprendi, com eles e com a minha avó Eunice”, começou por escrever Lídia Muñoz.

“Mas, pelos vistos, estavam errados, e estiveram todos, desde ali até Almeida Garrett, que deveria ter sido saneado e substituído pela Cristina Ferreira para que fundasse não o Conservatório para as artes dramáticas, mas o INCQBA55MS (instituto nacional cheira-me que é boa para as audiências porque tem 55 mil seguidores), cujo subdiretor deveria ter sido o Pedro Teixeira, que defenderia a política ‘não tens curso, não estudaste, cheira-me que és muito bom, anda lá que bates bem’, como diria esse grande poeta e dramaturgo Cristiano Ronaldo (cujo mérito é inegável), porque na verdade Gil Vicente é nome de clube e até faz hat-tricks ao serviço da Juventus”, acrescenta.

“Confusos? É normal. Foi um momento de neuro depressão degenerativa causada pelo serão da TVI. Enfim, como hoje ouvi nessa grande festa do aniversário do último bastião da grande representação portuguesa e da ficção nacional que é a TVI, e dos castings também, quando esta merd* acabar, vou para um destino de sonho e pode ser que encontre uma dessas grandes atrizes, ou melhor atrozes, da ficção nacional para me dar umas aulas de performance ou mesmo estética teatral”, lê-se.

“Até lá, podemos entreter-nos com a fantochada em que a TVI se tornou, ou então fazemos como a ministra e vamos tomar um drink de fim de tarde”, criticou.

De realçar que a referência a Pedro Teixeira surge devido a declarações que o ator teceu, este sábado, ao lado de Cristina Ferreira e Maria Cerqueira Gomes. O ator lembrou que também ele não tinha formação profissional quando se estreou na série ‘Morangos com Açúcar’, tal como outros atores que começaram na série.

“Têm aparecido tantos novos talentos na televisão. Espero que a filha da Maria seja mais uma. Comecei em ‘Morangos com Açúcar’ com zero formação”, disse.

Também Cristina Ferreira comentou o assunto. “Há pessoas que estudaram e não são boas e há pessoas que não estudaram e são extraordinárias”, defendeu.

Além de Lídia Munõz, também o ator Gonçalo Ícaro e Margarida Bakker, filha de Alexandra Lencastre, deixaram críticas ao sucedido.

Francisca Cerqueira Gomes, tem 18 anos, é modelo, e tem milhares de seguidores nas redes sociais.