Internacional

Europa prevê imunização do continente a 14 de julho

Entre março e junho, vão ser entregues entre 300 e 350 milhões de doses de vacinas.


O comissário europeu no Mercado Interno, Thierry Breton, afirmou no passado domingo que a Europa poderá alcançar a imunidade coletiva contra a covid-19 a 14 de julho.

“Estamos na reta final, porque sabemos que, para superar a pandemia, só há uma solução: receber a vacina. As vacinas estão a chegar e vão chegar cá”, disse ao canal francês TF1, sublinhando que, “entre março e junho, vão ser entregues entre 300 e 350 milhões de doses de vacinas”.

Segundo Thierry Breton, está previsto um aumento na entrega de vacinas para a Europa, devendo chegar 60 milhões de doses em março, 100 milhões em abril e 120 milhões em maio.

Existem já cerca de 55 fabricas que produzem vacinas na Europa.

Até ao dia 10 de março tinham sido administradas cerca de 9,64 doses de vacinas por cada 100 pessoas na União Europeia.