Internacional

Jogador da NFL salva mulher de 71 anos de abuxo sexual num parque

Justin Herron e um residente local travaram o ataque. 

Justin Herron, estrela da NFL, foi protagonista de um ato heróico, ao impedir que uma mulher fosse alvo de abuso sexual, na cidade de Tempe, estado norte-americano do Arizona.

O atleta do New England Patriots contou que tudo aconteceu depois de ouvir o grito da mulher, de 71 anos, no passado sábado, num parque público.

"Eu soube naquele momento que tinha de ir", começou por contar, citado pela CNN.

Ao aproximar-se do local, o desportista diz que se deparou com um cenário chocante. Um homem tinha empurrado a mulher para o chão e atacava-a pelas costas, numa tentativa de abuso sexual.

“Vês isto nos filmes e na televisão, mas nunca pensas que vai acontecer na vida real até que aconteça. Naquele momento, eu estava em choque”, disse. "Eram 11 horas, a meio do dia, nenhuma nuvem no céu e num campo muito aberto. O facto de ter acontecido ali, àquela hora, foi muito chocante", sublinhou ainda o jogador de futebol americano.

"Sou um jogador de futebol, então sou grande. Tento não ser muito agressivo com as pessoas sabendo que poderia magoar alguém. Eu tenho uma voz muito alta, então tudo o que eu fiz foi apenas gritar, dizer-lhe para sair de cima dela e depois tirei-o. E disse-lhe para se sentar e esperar até que os policias chegassem.", contou.

Justin contou com a ajuda de um residente local, identificado como Murry Rogers, que também socorreu a vítima.

Juntos detiveram o suspeito, Kevin Caballero, de 30 anos, até à chegada das autoridades.

Na quarta-feira, Justin e Murry foram homenageados pela polícia de Tempe com um certificado de cidadãos excecionais.