Internacional

OMS considera que vacinas chinesas contra a covid-19 são eficazes

Vacinas deverão ser recomendadas em breve.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse, esta quarta-feira, que as vacinas chinesas contra a covid-19 da Sinopharm e da Sinovac são “eficazes” contra o vírus. Segundo a organização, os níveis de eficácia estão de acordo com as exigências necessárias para a comercialização e administração à população.

"As informações que as empresas partilharam publicamente na reunião, na semana passada, indicam claramente que eles têm níveis de eficácia que seriam compatíveis com os requisitos que a OMS solicitou para esta vacina", indicou o diretor do Grupo Consultivo Estratégico de Peritos sobre Imunização (SAGE, sigla original), Alejandro Cravioto, citado pela Reuters.

"Isso signifca cerca de 50% de eficácia e, de preferência, perto ou acima de 70%, e eles têm todos os dados que mostram que a vacina não causa danos quando usada em humanos"; acrescentou.

Segundo o responsável, o SAGE espera poder recomendar estas vacinas em abril, mas antes os fármacos vão passar por um processo de autorização na OMS.

A porta-voz da OMS, Margaret Harris, já tinha admitido que poderia estar para breve uma autorização para as vacinas da Sinopharm e da Sinovac.