Vida

Mulher com as maiores unhas do mundo corta-as ao fim de 30 anos

Unhas que mediam 7,33 metros no total vão ficar expostas num museu.


Ayanna Williams, de Houston no estado norte-americano do Texas, ficou conhecida por bater o recorde do Guinness das maiores unhas do mundo, mas agora, ao fim de 30 anos a deixá-las crescer, cortou-as este fim de semana.

O recorde oficial foi registado em 2017, quando as unhas mediam 5,8 metros. Na altura, Ayanna Williams precisava de dois frascos grandes de verniz para fazer uma manicure completa, o que demorava cerca de 20 horas a fazer.

Agora, mesmo antes de cortar as unhas, estas foram novamente medidas e o novo recorde de comprimento é de 7,33 no total. Os dois frascos de verniz já não chegavam, para a última manicure foram precisas quatro embalagens de verniz e dois dias de trabalho, segundo a imprensa norte-americana.

O corte das unhas gigantes foi realizado numa clínica de dermatologia, tendo sido necessário recorrer a uma ferramenta elétrica.

Apesar de as unhas terem feito parte da sua identidade durante cerca de três décadas, Ayanna Williams não pareceu muito ansiosa com a ‘despedida’. "Com ou sem as minhas unhas, vou ser uma rainha à mesma. As minhas unhas não fazem quem sou: eu é que faço as minhas unhas", disse ao Livro dos Recordes do Guinness.

A norte-americana adiantou ainda que tem planos para deixar crescer as unhas, mas só até aos 16 centímetros.

Já as unhas cortadas vão ficar em exposição num museu de insólitos, o Ripley’s Believe It or Not!, em Orlando, na Florida.