Economia

Função pública. Frente Comum marca greve para dia 20

No entanto, o pré-aviso de greve não abrange o setor da saúde devido ao contexto pandémico.

A Frente Comum anunciou uma greve da função pública para dia 20 de maio em defesa do aumento dos salários e da revogação do sistema de avaliação (SIADAP).

O coordenador da estrutura sindical garantiu que esta “não foi uma decisão tomada de ânimo leve”, antes resulta de um longo período de falta de resposta aos problemas”.

A Frente Comum entende que todo o sistema deveria ser revogado e substituído por outro modelo mais justo. “Os aplausos aos trabalhadores da Administração Pública que se desdobram durante a pandemia estão longe de responder à exigida valorização do seu trabalho“, defende o sindicato.

Além de uma greve de 24 horas, o dia de luta nacional ficará também marcado por uma concentração de trabalhadores em frente ao Conselho de Ministros, em Lisboa.

No entanto, o pré-aviso de greve não abrange o setor da saúde devido ao contexto pandémico, mas espera-se que os trabalhadores possam participar em ações neste dia.