Internacional

EUA defendem levantamento de patentes das vacinas contra a covid-19

O objetivo é acelerar a produção e a distribuição do fármaco em todo o mundo.

O governo de Joe Biden, Presidente dos Estados Unidos da América, anunciou, esta quarta-feira, que o país irá defender a suspensão da proteção de patentes das vacinas contra a covid-19. O objetivo é acelerar a produção e a distribuição do fármaco em todo o mundo.

“Os EUA apoiam a suspensão de proteções de propriedade intelectual para as vacinas contra a Covid-19 para ajudar a acabar com a pandemia, e vamos participar ativamente em negociações da Organização Mundial do Comércio para que isso aconteça”, afirmou a embaixadora americana para a Organização Mundial do Comércio, Katherine Tai, no Twitter.

"Trata-se de uma crise sanitária mundial e as circunstâncias extraordinárias da pandemia de covid-19 exigem medidas extraordinárias", acrescentou.

“O objetivo do governo é levar o maior número possível de vacinas seguras e eficazes ao maior número possível de pessoas. Enquanto o nosso fornecimento de vacinas para o povo americano já está assegurado, o governo irá continuar a expandir os seus esforços — trabalhando com o setor privado e todos os parceiros possíveis —, para expandir a produção e distribuição de vacinas”, lê-se ainda num comunicado divulgado pela administração de Biden.