Internacional

Motorista atrasou entrega de vacinas da covid-19 porque parou em casa de prostituição no horário de trabalho

Homem foi encontrado embriagado e com "marcas de batom".


Um motorista encarregue do transporte de vacinas contra a covid-19 foi detido, na quarta-feira à noite, depois de falhar o horário de entrega agendado e de estar desaparecido durante várias horas, em Santo Antônio do Leste, no estado brasileiro de Mato Grosso. O homem foi encontrado embriagado e confessou que tinha estado numa casa de prostituição.

De acordo com o site G1, a equipa de saúde que aguardava as vacinas entrou em contacto com o motorista, uma vez que já tinha passado do horário previsto para a entrega. Após várias tentativas de contacto por parte da Secretaria de Saúde local e de buscas por familiares do motorista, a Polícia Civil foi acionada.

O caso passou depois para a alçada da Polícia Militar que deu início às buscas pelo funcionário.

O homem foi encontrado horas depois a sair do município de Primavera do Leste, no mesmo estado. Segundo as autoridades encontrava-se visivelmente embriagado e com “marcas de batom na roupa”.

Já na esquadra, o suspeito disse que tinha estado numa casa de prostituição e que tinha perdido a noção do tempo.

A Secretaria de Saúde informou que afastou o motorista do cargo e abriu um procedimento administrativo para investigar o sucedido.

As vacinas não foram prejudicadas.