Desporto

Francisco J. Marques critica ajuntamentos em Alvalade: "Há mesmo uma lei para o país e outra para Lisboa"

Diretor de comunicação do FC Porto deixa críticas às autoridades e ao Governo.


Francisco J. Marques recorreu ao Twitter, esta terça-feira, para criticar a postura das autoridades face à multidão que se juntou em Alvalade, mas também o facto de o Governo continuar sem permitir adeptos nos estádios.

“Há mesmo uma lei para o país e outra para Lisboa. Sempre que os adeptos do FC Porto se juntaram levaram com cargas policiais. Nos festejos do campeonato e da Taça da época passada houve feridos causados pela polícia. Em Lisboa tudo é possível”, começou por escrever o diretor de comunicação do FC Porto.

Mas o responsável não ficou por aqui e nem o secretário de Estado do Desporto escapou às críticas.  

“O sr. secretário de Estado do Desporto está mesmo a mais e só pretende a morte do futebol português. Então não era muito mais seguro que os adeptos pudessem estar no estádio, cumprindo o distanciamento que as autoridades determinassem? Qual o objetivo desta irracionalidade, que trata os adeptos de futebol como leprosos na Idade Média? O Governo está determinado a destruir a competitividade internacional do futebol português”, acrescentou.