Sociedade

Sintra investe em gestão de resíduos com menor impacto ambiental

Intervenção na Tapada das Mercês passa pela instalação de 231 novos equipamentos. O método apresenta um menor impacto ambiental.

A renovação de contentorização na Tapada das Mercês, freguesia de Algueirão-Mem Martins, arrancou esta semana com uma intervenção que contempla a instalação de 231 novos equipamentos enterrados, um investimento da Câmara Municipal de Sintra, de cerca de 900 mil euros numa urbanização onde residem cerca de 20 mil pessoas.

“A instalação de novos contentores insere-se na opção estratégica de substituir a contentorização de superfície por subterrânea nas áreas com maior produção de resíduos urbanos”, afirmou o presidente da câmara.

Basílio Horta sublinhou que estes investimentos vão “aumentar a capacidade instalada de deposição, uma otimização dos meios de recolha e uma redução da ocupação do espaço público, nomeadamente ao nível do estacionamento”.

A autarquia salienta ainda o facto de a nova contentorização apresentar um menor impacto ambiental, “com a diminuição de odores e da deposição anárquica de resíduos junto dos equipamentos”.

Sublinhe-se que a renovação de contentorização, a concretizar de forma gradual no concelho de Sintra, representa um investimento global dos SMAS de Sintra no montante de quatro milhões de euros.