Sociedade

PJ realiza buscas no gabinete do diretor municipal do urbanismo de Braga

A Câmara Municipal de Braga afirmou “não saber” as razões das buscas. 


A Câmara Municipal de Braga (CMB) foi alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária (PJ), com o objetivo de averiguar o gabinete do diretor municipal do urbanismo, António Zamith Rosas, explicaram fontes da investigação e da autarquia à agência Lusa.

Segundo uma fonte da PJ, as buscas "não visam o atual nem o anterior executivo camarário", indicando que a diligência se incide numa investigação a cargo da PJ de Braga e que serviu para "recolha de documentação" sobre "questões de urbanismo".

Uma fonte oficial da CMB confirmou à Lusa que as buscas "se cingiram ao gabinete do atual diretor municipal do Urbanismo, António Zamith Rosas, um quadro técnico do município".

Ainda assim, a CMB afirmou “não saber” as razões das buscas, assinalando que "prestou toda a colaboração" aos inspetores da PJ, que estiveram nas instalações do município até ao final da manhã desta quarta-feira.

De realçar que António Zamith Rosas é o atual diretor municipal de Urbanismo, Ordenamento e Planeamento da Câmara de Braga e já foi vereador na Câmara Municipal de Vila Verde, concelho do distrito de Braga.