Sociedade

Rt em Lisboa e Vale do Tejo subiu de 0,95 para 1,11

Aumento do RT mais acentuado na região de Lisboa. 


Todas as regiões de Portugal continental apresentam um índice médio de transmissibilidade (Rt) inferior a 1,0, à exceção de Lisboa e Vale do Tejo.

De acordo com o relatório semanal sobre a evolução da curva epidémica da covid-19 do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), divulgado à sexta-feira, o Rt na região de Lisboa e Vale do Tejo é agora de 1,11. Há uma semana era de 0,95.

O INSA destaca que o Rt tem aumentado em todo o país desde 1 de maio, mas esta variação tem sido “mais acentuada” em Lisboa e Vale do Tejo.

Também os arquipélagos apresentam um Rt acima de 1. Este valor é de 1,08 nos Açores e de 1,12 na Madeira - o mais elevado do país.

O Norte e o Centro têm um Rt de 0,98, o Alentejo de 0,92 e o Algarve de 0,95.

Quando à incidência, o Norte apresenta uma taxa de incidência de 55,8 casos por 100 mil habitantes , o Centro de 30,4, Lisboa e Vale do Tejo de 50,6, o Alentejo de 38,4, o Algarve de 72,8, os Açores de 114,9 e a Madeira de 105,4.