Internacional

Menino de cinco anos é o único sobrevivente da queda de teleférico em Itália

A criança continua hospitalizada em estado greve. Entre as 14 vítimas mortais, estão também o irmão do menino, os pais e os bisavôs. Além de uma médica que tinha estado a lutar na linha da frente contra a covid-19.

Um menino de cinco anos é o único sobrevivente da queda de um teleférico que matou 14 pessoas em Stresa, no norte de Itália. Segundo a imprensa italiana, o menino – filho de imigrantes israelitas – continua internado num hospital em Turim em estado grave e com várias fraturas.

O governo israelita anunciou que entre as vítimas mortais está também o irmão mais novo do menino, de dois anos, os pais e os bisavôs – que chegaram a Itália a 19 de maio para visitar a neta e os bisnetos.

O acidente vitimou também uma médica que esteve na linha da frente da luta contra a covid-19 em Itália. Roberta Pistolato viajou até Stresa para celebrar o seu 40.º aniversário, com o namorado de 45 anos.

A cabine de um teleférico que liga a localidade de Stresa ao monte de Mattarone caiu no domingo. Inicialmente havia duas crianças entre os sobreviventes. No entanto, uma menina de nove anos acabou por não resistir aos ferimentos.

Itália abriu, esta segunda-feira, um inquérito para determinar as causas do acidente, avança a BBC News.