Sociedade

Incidência e Rt a subir em dia de aumento de internamentos

Estão hospitalizadas mais 13 pessoas com covid-19 do que ontem. Grande Lisboa continua a concentrar metade dos novos casos.


Foram registados mais 430 contágios nas últimas 24 horas, uma descida acentuada face aos 769 casos contabilizados ontem, mas que será justificada por uma menor realização de testes na quinta-feira, por ter sido feriado

Assim, segundo o boletim da DGS, divulgado esta sexta-feira, o total de infeções, contabilizadas desde março de 2020, é agora de 851.461.

O novo balanço revela ainda que não ocorreu qualquer óbito associado à doença na súltimas 24 horas, pelo que o total de vítimas mortais da pandemia se mantém em 17.029.

Em relação à distribuição geográficas dos casos diários, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região mais afetada, com 217 novos contágios, enquanto o Norte registou 132. Segue-se o Centro com 20 diagnósticos positivos, o Alentejo com 16 e o Algarve com 11.

Os Açores somam mais 26 infeções e a Madeira mais 8, segundo o boletim da DGS.

O número de internados subiu, depois ter estado consecutivamente a descer nos últimos dias, estando agora hospitalizadas 267 pessoas com covid-19, mais 13 do que na quinta-feira. Nos cuidados intensivos, encontram-se agora 53 infetados, mais um do que ontem.

O total de recuperados subiu para 810.959, depois de mais 300 pessoas terem deixado de ter a doença ativa nas últimas 24 horas.

Atualmente, existem 23.473 casos ativos da doença e as autoridades de saúde têm sob vigilância 25.161 contactos

Os indicadores relativos à taxa de incidência e ao risco de transmissibilidade só foram hoje atualizados pela DGS, como é habitual às sextas-feiras, e ambos os indicadores subiram.

Assim, a incidência nacional passou de 66,4 para 69,8 casos de infeção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Considerando apenas o território continental é de 67,5, quando na quarta-feira era de 63,7.

Já o Rt nacional situa-se agora nos 1,08, nos dados anteriores era de 1,07, mas quando o critério é apenas o continente o risco aumentou de 1, 08 para 1,10.

Há 20 concelhos, mais dois do que na semana passada, com mais de 120 novos casos da Covid-19 por 100 mil habitantes, ou seja acima do limite de incidência estabelecido pelo Governo.

Segundo os dados da DGS, o concelho onde a situação é mais grave é Ribeira Grande (546 casos), seguido de Odemira (449 casos) e Golegã (318).

Consulte o boletim na íntegra