Sociedade

Falha em servidor dos EUA deita abaixo vários sites, incluindo os do Nascer do SOL e do i

O problema ficou instalado durante mais de duas horas, tendo os sites voltado a funcionar às 14h45. 


Uma falha interrompeu, esta terça-feira, o acesso a redes sociais e alguns dos maiores sites da comunicação social, como o Financial Times, The New York Times, Bloomberg, The Guardian, Le Monde. Os sites dos governos dos Estados Unidos e do Reino Unido também foram afetados.

Este não é apenas um caso internacional. No momento da escrita deste artigo, os sites do Nascer do Sol e do Jornal i também ficaram sem acesso, deixando de carregar a página da internet. O problema ficou instalado durante mais de duas horas, tendo os sites voltado a funcionar às 14h45. 

Segundo a agência Reuters, alguns sites não estavam a carregar e outros estão inacessíveis por todo o mundo. Ao tentar aceder, aparece o aviso do erro “503” no ecrã em branco.

Entretanto, grande parte dos sites já está novamente disponível, contudo demorará a estabilizar as suas funcionalidades.  

O problema foi causado pelo servidor norte-americano Fastly, que gere o acesso e armazenamento em nuvem dos websites.

Segundo o site oficial da empresa, “o problema foi identificado e uma correção está a ser implementada”. Agora, com a falha corrigida, o Fastly indica que os seus clientes podem “experienciar” um aumento súbito de tráfego “assim que os serviços globais voltem”.

O que causou esta interrupção foi uma falha CDN – Content Delivery Network. Esta sigla corresponde ao modo como as redes guardam os dados em servidores em cada região. De acordo com o site especializado em tecnologia, 9to5Mac, estas falhas são “geralmente raras”. Mas, quando acontecem, “têm implicações de amplo alcance”, como pudemos ver nos nossos sites.

Ou seja, esta falha não afeta apenas poucas páginas na internet, mas sim um grande universo de websites. Agora, alguns sites de notícias já estão a voltar ao normal, mas ainda com algumas dificuldades.

De acordo com o downdetector, citado pela Reuters, quase 21 mil utilizadores da Reddit relataram problemas com os sites da comunicação social, enquanto mais de 2 mil admitiram ter problemas com a Amazon, que também está com interrupções.

Sites de plataformas como Pinterest, HBO Max, Hulu e Spotify também estiveram em baixo.