Desporto

Primeira Liga: Boavista e Arouca aprovados, Cova da Piedade vê inscrição recusada

Estão resolvidas as dúvidas sobre quem ficaria na Primeira Liga, com a aceitação das inscrições do Boavista e do Arouca. O Cova da Piedade, no entanto, entregou os documentos com atraso, e o seu lugar poderá ser ocupado pelo Vilafranquense.


Através de um comunicado, a Liga Portugal confirmou os clubes que estão licenciados para jogar nos campeonatos profissionais na próxima temporada. Entre eles, o Boavista manterá o seu lugar na Primeira Liga e o Arouca irá efetivamente subir ao principal escalão do futebol profissional português.

A inscrição dos axadrezados tinha ficado em xeque após o surgimento de dúvidas sobre o pagamento de um relvado no estádio do Bessa, que entretanto ficaram resolvidas com a entrega de toda a documentação necessária perante a Liga, o que permitiu ao Boavista normalizar a situação e garantir a inscrição na Primeira Liga.

Sobre a subida do Arouca à Primeira Liga tinham também surgido algumas dúvidas, devido a um processo de insolvência em volta do clube. Ainda assim, os arouquenses garantiram que o seu PER tinha já sido aprovado em março de 2021, e asseguraram o lugar na Primeira Liga.

Assim, está confirmada a descida do Rio Ave e do Farense para a Segunda Liga nacional.

Cova da Piedade falha inscrição

Quem vai, no entanto, perder o seu lugar na Segunda Liga é o Cova da Piedade. O clube de Almada "não apresentou o respetivo processo de candidatura respeitante aos critérios legais e financeiros até ao dia 17 de maio de 2021”, como se lê no comunicado da Liga Portugal. 

Para o seu lugar, a Liga Portugal convidou o Vilafranquense, a equipa melhor classificada entre aquelas que foram despromovidas do segundo escalão, para se candidatar à prova.