Vida

Pivot interrompe noticiário para pedir pagamento de salários em atraso

O canal da Zâmbia KBN considerou a atitude do pivot um “episódio de alcoolismo”.


O pivot de um canal de televisão da Zâmbia interrompeu as notícias para pedir à empresa o pagamento em atraso do seu salário e dos colegas.

“Senhoras e senhores, nós também somos seres humanos. Infelizmente, aqui na KBN, não estamos a ser pagos”, declarou o jornalista em direto.

O canal zambiano KBN já reagiu, ao considerar a atitude do pivot um “episódio de alcoolismo” e uma tentativa de chegar ao estrelato, ao publicar um comunicado na página do Facebook a criticar o comportamento do profissional.

O jornalista refuta as acusações e questiona o canal sobre como poderia estar sob o efeito de álcool quando tinha estado a trabalhar em noticiários anteriores àquele.