Internacional

Migrantes tentaram entrar nas Canárias

Entre os migrantes, de origem subsaariana, estavam doze mulheres e pelo menos uma criança.


Sete embarcações com 298 migrantes, dos quais 26 crianças, foram resgatadas este fim de semana junto às ilhas Canárias, sendo que mais de dez pessoas foram transportadas para centros de saúde para receber assistência médica.

Tenerife, Lanzarote, Gran Canária, Fuerteventura e El Hierro são as cinco ilhas canárias que desde sábado têm acolhido migrantes que tentam chegar à Europa, segundo informações avançadas pela agência de notícias espanhola EFE.

O primeiro barco, com 39 passageiros, foi avistado por um navio mercante e desembarcou ao amanhecer de sábado no porto de La Restinga, na ilha de El Hierro. Entre os migrantes, de origem subsaariana, estavam doze mulheres e pelo menos uma criança.

No domingo de manhã, o Centro de Resgate Marítimo de Las Palmas foi informado da presença de um barco vindo de Órzola. Entretanto, outros 26 homens do Magrebe tentavam desembarcar em Arrecife por volta das 9h, acrescenta a EFE.