Sociedade

Polícia brasileira investiga grupo de traficantes internacionais suspeito de enviar droga em voo para Portugal

As autoridades policiais estão a cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão. 


A Polícia Federal do Brasil realizou, esta segunda-feira, vários mandados para tentar desmantelar um grupo criminoso de tráfico internacional de drogas, que alegadamente terá enviado cocaína escondida num avião com destino a Portugal. Os suspeitos incorrem em penas de até 40 anos de prisão no Brasil.

Segundo revela a polícia brasileira, em comunicado, cerca de 20 agentes estão a cumprir três mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, nas casas de suspeitos em Fortaleza e Aquiraz, no estado do Ceará.

A investigação, conhecida por Operação 85, decorre desde abril de 2021 para apurar "crime de tráfico internacional de drogas, a partir da apreensão de 85 quilos de cocaína em Lisboa - Portugal, em voo que partiu de Fortaleza na noite de 17/4/2021".

As autoridades brasileiras já identificaram indícios da participação de trabalhadores do aeroporto de Fortaleza como cúmplices no crime, ao terem introduzido, de forma clandestina, a droga no compartimento de carga de uma aeronave, explicam em comunicado.