Vida

Ex-segurança diz que Britney Spears recebia um "cocktail de drogas" todas as semanas

Uma mulher ligava para a propriedade de Britney Spears todas as sextas-feiras para deixar um saco de medicamentos prescritos.


Um ex-segurança pessoal de Britney Spears revelou que a cantora recebia semanalmente um “cocktail de drogas prescritas” que a deixava a “falar sobre universos paralelos”.

Fernando Flores – que foi contrato para “proteger” a cantora em 2010, mas acabou por se demitir oito meses depois – contou ainda como a tutela da ‘princesa do pop’ controlava o seu telemóvel e que não podia sair de casa sozinha. Se recebesse visitas, Flores era responsável por revistar as malas.

Em declarações ao jornal The Sun, o ex-polícia disse que uma mulher ligava para a propriedade de Britney Spears todas as sextas-feiras para deixar um saco de medicamentos prescritos.

“Eu explicava-lhe o que era tudo: três antidepressivos e comprimidos contracetivos”, disse. “Ela ia de sã a falar sobre universos paralelos”, acrescentou.

O pai da cantora, James ‘Jamie’ Spears, “ligava três ou quatro dias para saber o que se passava” e deixa-a “em lágrimas”. “Se ela quisesse alguma coisa, tinha que lhe pedir autorização [ao pai]”, contou ainda.