Economia

Ryanair vai contratar 300 pessoas em Portugal

É a maior ação de recrutamento da companhia aérea irlandesa em Portugal e surge depois de a Ryanair ter anunciado um investimento de mais de 250 milhões de euros no aeroporto de Lisboa.


A Ryanair vai contratar mais de 300 pilotos, tripulantes de cabine e profissionais das tecnologias da informação em Portugal, naquela que será a maior ação de recrutamento que a companhia aérea já fez no país.

“Temos o prazer de anunciar esta campanha de recrutamento para novos empregos em Portugal, visto que a Ryanair continua a investir nas nossas operações portuguesas, não apenas em Lisboa, mas também nas regiões do Porto, Faro e Ponta Delgada”, explicou o diretor de pessoal da Ryanair, Darrell Hughes, em comunicado. “A Ryanair é um grande empregador e investidor em Portugal e temos o prazer de poder oferecer aos pilotos, tripulantes e profissionais de TI, oportunidades emocionantes”, acrescentou.

E alguns postos de trabalho trazem algumas vantagens, explica a companhia irlandesa. “A Ryanair possui actualmente um HUB de tecnologias de informação (Ryanair LABS Lisboa) , que opera virtualmente, permitindo aos seus colaboradores (profissionais TI qualificados) trabalhar 100% a partir de casa. Este escritório virtual será expandido nos próximos anos, a Ryanair convida a candidaturas para estas emocionantes posições de TI”, explica ainda o comunicado.

Este anúncio de recrutamento surge depois de a Ryanair ter anunciado que vai investir 300 milhões de dólares (253,4 milhões de euros) no aeroporto de Lisboa, onde irá alocar mais três aeronaves a partir de novembro como parte da sua programação de inverno 2021, passando assim a ter um total de sete aeronaves na base em Lisboa e irá operar 50 rotas e mais de 250 voos semanais desde Lisboa.

Na nota, a companhia aérea alertou que “é agora imperativo” que o Governo português “apoie este investimento, acelerando o desenvolvimento das infraestruturas aeroportuárias de Lisboa, incluindo a abertura do aeroporto do Montijo”.