Vida

Revelações polémicas sobre a família real afastam Michelle e Barack Obama de Harry e Meghan

Casal não fez parte da lista de convidados da festa de aniversário de Obama. 


O antigo Presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a mulher, Michelle, sempre se mostraram próximos do príncipe Harry e de Meghan Markle, mas os ventos parecem estar a mudar.

Segundo a imprensa internacional,  a amizade dos Obama com os duques de Sussex já viveu melhores dias. Em causa estão as recentes polémicas a que o príncipe e a ex-atriz se viram associados, sobretudo depois de várias revelações que começaram com a entrevista a Oprah Winfrey.

Recentemente, Barack Obama celebrou o seu 60.º aniversário com uma festa que contou com centenas de convidados, mas, contrariamente ao esperado, Harry e Meghan não estavam entre as personalidades que marcaram presença no evento. As circunstâncias em torno da ausência dos duques de Sussex não foi esclarecida, não sendo claro se não puderam comparecer ou se não foram convidados. De acordo com o Page Six, o casal “não planeava comparecer” na festa.

Já ao Telegraph, a especialista na família real britânica Camilla Tominey disse que a ausência se terá devido ao facto de os Obama não concordarem com os ataques feitos por Harry e Meghan à família real.

“Quando se trata do Harry e da Meghan parece que o antigo Presidente e a antiga primeira-dama permanecem firmes na perspetiva de que os laços de sangue são mais importantes. Os Obama não gostaram que o Harry atacasse a família. Eles valorizam a família e, certamente, não são o tipo de pessoas que quereriam ver os filhos a falar com a imprensa”, afirmou.

Também a lealdade do casal Obama para com a Rainha poderá ser um problema para a amizade com os Sussex.

De realçar que o casal Obama mantém uma relação com o Príncipe Harry há vários anos. Em 2015, os três promoveram os Invictus Games, um evento multidesportivo internacional, que foi criado pelo príncipe, para os veteranos de guerra. Em 2017, Harry chegou mesmo a entrevistar Barack Obama, em Toronto, para um programa de televisão.

Com a chegada de Meghan Markle à vida de Harry, a relação entre os quatro ficou ainda mais forte. Michelle já se referiu anteriormente à ex-atriz como “minha amiga” e “líder sábia”.

Logo depois da controversa entrevista a Oprah Winfrey, Michelle Obama chegou a comentar as polémicas declarações, mas colocou o ónus na família.

“Quando penso em tudo o que está a acontecer, penso na importância da família, e rezo para que haja perdão, que haja clareza de pensamento, amor e que consigam resolver tudo a tempo (…) Porque não há nada mais importante do que a família”, disse, em março, ao programa de televisão Access Hollywood, da NBC.