Sociedade

Mulher chama PSP para denunciar violência doméstica e acaba detida por tráfico de droga

Agentes repararam numa planta de canábis na casa em Queijas e mulher admitiu ser sua.


Uma mulher, de 50 anos, residente no concelho de Oeiras chamou a PSP por alegadamente estar a ser vítima de violência doméstica, mas depois acabou por ser detida por tráfico de droga.

Quando os agentes da PSP chegaram a casa da mulher, em Queijas, depois de terem recebido o seu pedido de socorro, repararam numa planta de canábis em cima de uma mesa, segundo o Correio da Manhã.

A mulher admitiu que a planta era sua, justificando que era para consumo pessoal.

A PSP confiscou a planta e a mulher foi detida e depois constituída como arguida, tendo ficado sujeita a termo de identidade e residência.