Vida

Depois de 40 anos guardada, fatia de bolo do casamento de Diana e Carlos é vendida por mais de dois mil euros

Fatia de bolo rendeu mais do que aquilo que era esperado. 

AFP
Dominic Winter

Depois do casamento da princesa Diana com o príncipe Carlos, em 1981, foi vendida, esta quarta-feira, em leilão, uma fatia de bolo da cerimónia. O comprador desembolsou 1.850 libras, cerca de 2.185 euros, pela fatia que ficou guardada 40 anos.

O pedaço de bolo tinha ficado na posse de Moyra Smith, uma das funcionárias da mãe da rainha Elizabeth II na altura, e pertence, segundo a casa de leilões Dominic Winter, a um dos 23 bolos de casamento oficiais, que tinham um selo real feito em açúcar. (Veja a fotogaleria)

A fatia foi preservada em papel filme e, em 2008, a família Smith vendeu-a a um colecionador privado que, este ano, a ofereceu para leilão.

O bolo foi comprado por Gerry Layton, em Leeds, que o irá colocar no seu testamento, juntamente com a sua propriedade, para ser doado à caridade após a sua morte.

A casa de leilões alerta, contudo, que provar este bolo, que recebeu licitações de pessoas um pouco por todo o mundo, pode não ser uma boa ideia.

Recorde-se que o príncipe Carlos e Diana se casaram a 29 de julho de 1981, na Catedral de São Paulo, em Londres. O casal separou-se 11 anos depois, em 1992, e o divórcio foi oficializado em 1996. Diana morreu um ano depois, em 1997.