Vida

Atriz Kaley Cuoco oferece-se para comprar cavalo maltratado nos Jogos Olímpicos

Numa série de ‘stories’ publicadas no Instagram, a atriz, de 35 anos, criticou a atitude da treinadora alemã Kim Raisner, expulsa dos Jogos Olímpicos após ter sido filmada a dar um murro no cavalo Saint Boy.


A atriz Kaley Cuoco, conhecida por dar vida a ‘Penny’ na aclamada série ‘A Teoria do Big Bang’, ofereceu-se para comprar o cavalo que foi agredido com um murro nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Numa série de ‘stories’ publicadas no Instagram, a atriz, de 35 anos, criticou a atitude da treinadora alemã Kim Raisner, expulsa dos Jogos Olímpicos após ter sido filmada a dar um murro no cavalo Saint Boy.

“Você e a sua equipa não deixaram o vosso país ou este desporto orgulhosos. Vocês fazem-nos sentir mal. Que vergonha! E boa sorte para qualquer animal que entre em contacto com vocês”, afirmou Kaley Cuoco, que é casada com um treinador de cavalos.

“Isto não é um salto olímpico. Esta é uma representação”, acrescentou. “Isto não é um salto olímpico. Esta é uma representação nojenta, sem classe e abusiva do nosso desporto, de várias maneiras", frisou.

“Vou-lhe mostrar [ao cavalo] a vida que ele deveria ter. Diga o seu preço”, continuou.

Depois das publicações, a atriz voltou à rede social para garantir que a sua oferta para comprar o cavalo era séria.

Recorde-se que a treinadora alemã foi expulsa da competição olímpica depois de dar um murro ao cavalo que se recusava a saltar ou a trotar durante a prova de pentatlo moderno. Kim Raisner foi ainda ouvida a incitar a atleta Annika Schleu “a bater mesmo” no cavalo, enquanto tentava controlar o animal.