Sociedade

Um óbito e 33 infetados em surto de covid-19 num lar no Cadaval

A vítima mortal é uma mulher com mais de 90 anos, que não estava vacinada por opção pessoal.


Uma pessoa morreu e outras 33 ficaram infetadas na sequência de um surto de covid-19 numa residência de idosos no Cadaval, no distrito de Lisboa.

Segundo Bruno Santos, membro da direção do Sénior Resort Recreio da Andorinha, em declarações à agência Lusa, o surto foi detetado no dia 14 de agosto, quando uma funcionária “em processo de vacinação” testou positivo.

Foram testados todos os 50 residentes e 21 funcionários da instituição privada, resultando em 33 casos positivos, 21 dos quais em idosos.

O responsável revela ainda que a vítima mortal é uma mulher com mais de 90 anos, que não estava vacinada por opção pessoal. Entre os residentes infetados, morreram outros dois já depois de terem recebido alta clínica, pelo que as mortes “não foram no âmbito da covid-19”, revela Bruno Santos, acrescentando que eram “pessoas muito debilitadas", com "uma série de complicações" e "patologias diversas".