Internacional

Português entre os 41 mortos em incêndio numa prisão na Indonésia

Estabelecimento prisional tem mais de dois mil reclusos, embora apenas tenha capacidade para 600.


Pelo menos 41 reclusos morreram e 80 ficaram feridos num incêndio na superlotada prisão de Tangerang, nos arredores de Jacarta na Indonésia.

Entre as vítimas mortais há reclusos estrangeiros, nomeadamente de Portugal e África do Sul, avança a BBC.

O incêndio deflagrou nas primeiras horas da manhã no bloco C da prisão, onde se encontram condenados por dependência e tráfico de droga.

Na altura do acidente, pelo menos 122 pessoas estavam encarceradas no local, sendo que o bloco tem apenas capacidade para 40 detidos.

A causa do fogo ainda está a ser investigada, mas as diligências preliminares apontam para um curto-circuito numa das celas do bloco.

A imprensa internacional sublinha que estão detidos nos estabelecimento mais de duas mil pessoas, apesar de o complexo de Tangerang ter sido construído para 600 reclusos.