Sociedade

Desde junho já foram detidas 32 pessoas no Bairro Alto e Cais do Sodré

15 foram detidas por crimes violentos e graves. 


A PSP deteve, entre junho e setembro deste ano, 32 pessoas nas zonas de diversão noturna nas zonas do Cais do Sodré e Bairro Alto, em Lisboa.

Num comunicado divulgado nas redes sociais, esta sexta-feira, o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa faz o balanço daquela que tem sido uma estratégia de combate e prevenção da criminalidade violenta e grave, em ambiente de diversão noturna, com o objetivo de “neutralizar a atividade criminal e reforçar os níveis subjetivos de segurança da população”. Esta ação “tem permitido manter investigações ativas que já identificaram dezenas de suspeitos de diversos crimes e de infrações contraordenacionais”.

Segundo a PSP, nas zonas do Cais do Sodré e Bairro alto foram detidas 32 pessoas. Destas,15 foram detidas por crimes violentos e graves, tendo seis ficado com a medida de coação de prisão preventiva.

Foram ainda registadas 125 infrações contraordenacionais de diversas naturezas, apreendidas 24 colunas de som e 15 botijas de óxido nitroso.

“Só no mês de setembro com reforço da componente de investigação da PSP permitiu a detenção de quatro indivíduos por roubos nestas zonas em ambientes de diversão noturna, todos eles presos preventivamente após apresentação às autoridades judiciárias competentes”, sublinha.

A PSP faz ainda referência a um vídeo que foi amplamente divulgado nos últimos dias, que mostrava as agressões e roubo a um cidadão em Lisboa.

“Após ter tido conhecimento do vídeo que circula nas diversas plataformas online, bem como, amplamente, veiculado nos órgãos de comunicação social, nomeadamente as agressões e roubo a um cidadão” a PSP desencadeou “atos investigatórios com vista à identificação dos autores para apresentação às autoridades judiciárias”.