Economia

Preços na produção industrial aumentam 11% em agosto

Excluindo o agrupamento de energia, esta subida foi de 7%.


O índice de preços na produção industrial (IPPI) aumentou 11% em agosto, em termos homólogos, de acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Excluindo o agrupamento de energia, esta subida foi de 7%.

"Os agrupamentos de energia e bens intermédios contribuíram, respetivamente, com 5,2 pontos percentuais (p.p.) e 4,8 p.p. para a variação do índice total", indica o gabinete de estatística, acrescentando que as taxas de variação homóloga destes agrupamentos foram de 29,7% e 13,1%, pela mesma ordem.

Por seu lado, a secção das indústrias transformadoras registou uma variação homóloga de 9,3% e um contributo de 8,3 p.p. para a variação do índice total.

O IPPI apresentou também uma variação mensal de 0,8% em agosto, sendo que os agrupamentos de energia e bens intermédios desaceleraram 0,9 p.p. e 1,0 p.p., respetivamente, para taxas  de variação de 2,4% e 0,8%, apresentando um contributo conjunto de 0,8 p.p. Já a secção das indústrias transformadoras contribuiu com 0,5 p.p. para a variação do índice total, em resultado da taxa de variação mensal de 0,6%.