Sociedade

Emigrante português morre em França após sofrer acidente de trabalho

Estava na Córsega há vários anos.


Um emigrante português de 52 anos morreu esta quarta-feira devido a um acidente de trabalho em Bastia, na ilha da Córsega em França. Bento Vieira, encarregado de uma empresa de construção, foi atingido pelo desabamento de umas estrutura que estava a ser edificada. O português deixa a esposa, duas filhas maiores e um neto, estando à espera de outro.

Segundo o Digital de Vizela, o homem era "um vizelense que sentia Vizela com alma e coração", que estava há vários anos a trabalhar na Córsega mas que "todos os anos vinha a Vizela onde já comprara uma habitação para o seu futuro".

De acordo com a imprensa local, o muro terá desabado enquanto Bento o estava a construir, sendo que, quando as autoridades chegaram ao local, o português ainda se encontrava com vida, acabando, no entanto por não resistir aos ferimentos.

O funeral realiza-se no próximo dia 12 na terra natal.