Sociedade

Ateou incêndio em quarto após discussão com inquilino em Ansião

Com recurso a um isqueiro, o homem, de 28 anos, ateou o incêndio ao edredão da cama do quarto que ocupava no primeiro andar do edifício.


A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 28 anos, desempregado, pela presumível prática de um crime de incêndio num edifício habitacional, ocorrido no passado dia 8 de setembro, cerca das 21h30, na vila de Avelar, concelho de Ansião.

Em comunicado, esta quarta-feira, a autoridade revela que o suspeito, com recurso a um isqueiro, ateou o incêndio ao edredão da cama do quarto que ocupava no primeiro andar do edifício, que é composto por rés-do-chão, primeiro andar e sótão. O homem destruiu o quarto e provocou danos em todo o edifício.

"A atuação do suspeito, que terá sido motivada por uma discussão com um dos inquilinos, danificou e colocou em perigo bens patrimoniais de valor elevado, mas também a vida de outros residentes que se encontravam no edifício, nomeadamente os residentes no sótão, que tiveram de ser evacuados com o auxílio de populares, e os do rés-do-chão, não tendo o incêndio assumido maiores proporções devido à intervenção dos populares e aos meios de combate", informa a PJ,

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais em posto policial.