Internacional

Ativista tirou cuecas para salvar burros e o momento já se tornou viral: "Faria tudo novamente" | Vídeo

Sem ajuda e sem forma de manter os animais em segurança, ativista resolveu o problema sozinha. 


Uma ativista dos direitos dos animais protagonizou um resgate insólito, mas que fez toda a diferença na vida de dois animais. Tudo aconteceu no domingo, no município brasileiro de Maracanaú, em Fortaleza, quando Stefani Rodrigues conseguiu salvar dois burros com a ajuda da sua roupa interior.

A história foi partilhada nas redes sociais pela própria e rapidamente se tornou viral.

A mulher, de 41 anos, encontrava-se a caminho do abrigo de animais Anjos da Proteção Animal (APA), do qual é presidente, quando reparou que dois burros, um ainda bebé, caminhavam nas margens da estrada, onde havia uma intensa movimentação de veículos.

Depois de parar o carro, Stefani tentou conduzi-los até um posto de combustível. Contudo, o grande problema surgiu quando percebeu que não tinha nada que a pudesse ajudar a prender os animais para que ficassem em segurança. Solução? As cuecas.

Embora tenha pedido aos funcionários para que cuidassem dos burros enquanto ia à casa de banho para despir a peça íntima, ninguém se prontificou a ajudá-la e a ativista acabou mesmo por se despir na via pública.

“Parei meu carro, tentei seguir os animais e eles ficaram acelerando os passos. Consegui colocar os dois em cima da calçada de um posto de combustível e pedi cordas aos funcionários ou algum instrumento que pudesse segurar o animal. Não obtive essa ajuda e a única maneira que eu encontrei de segurar o animal foi retirar a minha calcinha e usar para segurar ele. Parece cómico, mas foi a única maneira que encontrei para ajudar aquela vida naquele momento”, contou.

“Se for o cúmulo da loucura, pode mandar internar. Pois faria tudo novamente. Tirei a calcinha sim, para proteger a vida dessa mãezinha que estava correndo risco de morte no anel viário. Faria tudo novamente se fosse possível”, escreveu Stefani nas redes sociais.

Depois do resgate, a ativista encontrou em contacto com um transporte de animais, que os levou para o seu abrigo.

Os comentários estão desactivados.