Economia

Reino Unido. Quase 200 milhões para infraestruturas eólicas offshore

Esta atividade criará milhares de novos postos de trabalho no Reino Unido nos próximos anos, disse o primeiro-ministro, Boris Johnson. 


O Reino Unido anunciou um fundo de 160 milhões de libras (190 milhões de euros) para subsidiar a construção de parques offshore (no mar) e outras infraestruturas relacionadas com a produção de energia eólica.

Esta atividade criará milhares de novos postos de trabalho no Reino Unido nos próximos anos, disse o primeiro-ministro, Boris Johnson. 

As costas escocesas em frente à cidade de Aberdeen, no mar do Norte, e as galesas, onde existem "águas profundas e ventos fortes", são dois dos locais onde o governo britânico quer dinamizar a indústria da energia eólica.

Este mês a espanhola Iberdrola anunciou que planeia investir através da sua filial britânica Scottish Power mais 6.000 milhões de libras (7.090 milhões de euros) na construção do parque eólico no mar East Anglia Hub.

Localizado no leste de Inglaterra, este parque, com a primeira fase já construída, disponibilizará energia "verde" a 2,7 milhões de famílias no Reino Unido e criará 7.000 postos de trabalho, indicou o governo britânico.