Internacional

Menina sobrevive a queda de avião que matou quatro pessoas graças a abraço do pai

Acidente aconteceu no passado sábado, no Michigan.


Laney Perdue, uma menina de 11 anos, foi a sobrevivente de uma queda de avião que matou, este fim de semana, o pai, três outros adultos e dois cães em Beaver Island, no Michigan, nos Estados Unidos.

A menina diz lembrar-se que o pai a estava a proteger enquanto o avião se despenhava.

"É a última memória que ela tem antes do avião se despenhar", disse Christina Perdue, mãe da criança, citada pela  ABC News.

"Estamos de coração partido com a morte do meu marido, um pai, irmão, filho e amigo. Ele dava os melhores abraços e eu acredito que ele agarrou na nossa filha e a protegeu", disse Christina, acrescentando que as suas orações estão "com as restantes vidas perdidas no acidente".

Laney está agora no Hospital Pediátrico Helen DeVos em Grand Rapids, no Michigan.

A tragédia aconteceu no passado sábado, sendo que a Laney foram feitas manobras de reanimação a caminho do hospital e o pai foi, pouco depois, declarado morto.