Desporto

Max Verstappen é campeão mundial na Fórmula 1, após uma corrida surreal em Abu Dhabi

Depois da vitória em Abu Dhabi, Max Verstappen, da Red Bull Racing, conquistou o título de campeão mundial de Fórmula 1.


O fim de tarde em Abu Dhabi, no circuito de Yas Marina, foi decisivo para esta temporada do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, onde Max Verstappen cruzou a meta em primeiro lugar e, consequentemente, sagrou-se campeão do mundo.

O Grande Prémio de Abu Dhabi foi, no mínimo, eletrizante, com uma série de sobressaltos e um incidente envolvendo Nicholas Latifi, a seis voltas do fim, que deu a Verstappen o espaço suficiente para ultrapassar Hamilton e conquistar, oficialmente, o seu primeiro título como campeão mundial da Fórmula 1.

Com o neerlandês, de 24 anos, a começar a corrida no primeiro lugar, Hamilton acabou por conquistar o topo da mesma em poucos metros, e manteve-se fiel ao sonho até ao fim. A 20 voltas do fim, depois de uma pit stop da Red Bull, o britânico seguia em primeiro lugar com cerca de 17 segundos de vantagem frente a Verstappen, e o neerlandês, mesmo com um novo set de pneus novos, não parecia ser capaz de ultrapassar Hamilton. Ainda assim, os astros alinharam-se, e, depois do incidente de Latifi, com uma última volta ao circuito de Yas Marina depois da saída do safety car, o Mercedes acabou por ficar em segundo lugar, incapaz de ultrapassar o Red Bull de Verstappen com um fresco conjunto de pneus soft.

Assim, o britânico falhou o objetivo de se tornar campeão mundial pela oitava vez, depois de conquistar o Campeonato do Mundo em 2008, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019, 2020. A Mercedes Benz, no entanto, conquistou o oitavo título mundial consecutivo na competição de equipas.

Por sua vez, Max Verstappen tornou-se, pela primeira vez na sua carreira, campeão mundial de Fórmula 1.

Os comentários estão desactivados.