Internacional

Norte-americana que viu casa ser invadida por engano e que foi algemada nua vai receber mais de dois milhões de euros de indemnização

Imagens foram gravadas pelas 'bodycams' dos polícias.

Norte-americana que viu casa ser invadida por engano e que foi algemada nua vai receber mais de dois milhões de euros de indemnização

Uma norte-americana, que viu a sua casa, em Chicago, ser invadida pela polícia local e que foi algemada nua em frente a vários agentes, vai receber uma indemnização de 2,9 milhões de dólares, mais de 2,5 milhões de euros. Em causa está o facto de a ação ter sido levada a cabo com base num mandado de detenção com informações erradas.

O caso ocorreu em 2019. Esta semana, a Comissão de Finanças da Câmara de Chicago aprovou, por unanimidade, indemnizar a mulher, Anjanette Young.

A invasão, por engano, foi registada pelas câmaras colocadas nas fardas dos polícias. Nas imagens, Anjanette Young, que estava nua, diz repetidamente aos agentes que estão na casa errada, enquanto revistam a residência. A mulher teria o direito de se vestir durante cerca de 16 segundos.

Lori Lightfoot, prefeita de Chigado, pediu desculpas pessoalmente após o incidente.

Os comentários estão desactivados.