Internacional

Preet Chandi: a primeira mulher de cor a atravessar sozinha o Polo Sul

Preet Chandi tem 32 anos de idade e é fisioterapeuta do exército britânico. 


Preet Chandi, considerada a primeira mulher de cor a concluir uma travessia a solo na Antártida, terminou a sua expedição para o Polo Sul quase uma semana antes do previsto.

Chandi lutou e suportou temperaturas de -50ºC enquanto esquiava 700 milhas (cerca de 1126 quilómetros) através da Antártida em 40 dias, sete horas e três minutos, falhando por pouco  um novo recorde mundial por parte de uma mulher para a travessia. Terminou logo atrás do tempo estabelecido por Johanna Davidsson da Suécia, que concluiu a expedição em 38 dias, 23 horas e cinco minutos em 2016.

Chandi, com 32 anos de idade e fisioterapeuta do exército britânico que vive em Derby, é agora a terceira esquiadora individual feminina mais rápida para a expedição, atrás de Davidsson e da britânica Hannah McKeand, que registou um tempo de 39 dias, nove horas e 33 minutos em 2006. 

"Consegui chegar ao Polo Sul, onde está a nevar. Estou a sentir tantas emoções neste momento. Não sabia nada sobre o mundo polar há três anos e sinto-me tão surrealista por finalmente estar aqui. Foi difícil chegar aqui e quero agradecer a todos pelo seu apoio”, disse Chandi.

Os comentários estão desactivados.