Cultura

Neandertais e Homo Sapiens conviveram por 10 mil anos na Europa

Uma nova descoberta de fósseis desmascara a noção de que os “humanos modernos” exterminaram os neandertais logo após chegar da África


A recente descoberta de um dente de criança e ainda de ferramentas de pedra numa caverna no sul da França sugere que o Homo sapiens estava na Europa Ocidental há cerca de 54 mil anos, ou seja, vários milhares de anos antes do que se pensava, indicando ainda que as duas espécies poderiam ter coexistido por um longo período.

A descoberta ocorreu na caverna Mandrin, no Vale do Ródano, em França,  por uma equipa liderada por Ludovic Slimakc, da Universidade de Toulouse, e acaba de ser publicada pela revista Science Advances. Segundo o professor, este ficou “surpreendido” quando encontrou evidências de assentamentos humanos modernos.

"Agora podemos mostrar que o Homo sapiens chegou à Europa 12 mil anos antes do que pensávamos e que essa população foi posteriormente substituída por outras populações de neandertais", explicou Slimak, acrescentando que isso acaba por  “literalmente reescreve todos os nossos livros de história".

Os neandertais surgiram na Europa há 400 mil anos e a teoria atual sugere que eles se extinguiram há cerca de 40 mil, pouco depois do Homo sapiens ter chegado ao continente vindo da África. Contudo, a nova descoberta sugere que a nossa espécie chegou muito antes e que as duas espécies podem ter coexistido na Europa por mais de 10 mil anos.

Os arqueólogos encontraram evidências fósseis em várias camadas do local. Quanto mais fundo escavavam, mais para trás no tempo puderam ver. Nas camadas mais profundas encontraram restos de neandertais que viveram na área por cerca de 20 mil anos. Mas, para sua surpresa, a equipa encontrou o dente de uma criança, um “humano moderno”, numa camada datada de cerca de 54 mil anos atrás, junto com algumas ferramentas de pedra feitas de uma forma não associada aos neandertais. 

As evidências sugerem que esse grupo primitivo de humanos viveu no local por um período relativamente curto, talvez até os dois mil anos, após o qual o local ficou desocupado. 

Assim, os neandertais retornaram, ocupando o local por vários milhares de anos, até que os humanos modernos retornaram há cerca de 44 mil anos atrás.

 

Os comentários estão desactivados.