Cultura

Retrato de Marilyn Monroe feito por Warhol vai a leilão por 180 milhões de euros

A obra em questão, é um de quatro retratos que o artista Andy Warhol produziu depois da morte da atriz em 1962.


A leiloeira internacional Christie’s, anunciou na segunda-feira em comunicado que a serigrafia ‘Shot Sage Blue Marilyn’, de Andy Warhol, vai a leilão em maio, com uma estimativa de 200 milhões de dólares, o equivalente a cerca de 180 milhões de euros. 

A serigrafia de um metro, mostra a atriz norte-americana Marilyn Monroe com o rosto pintado de cor-de-rosa, cabelo amarelo, lábios rubi, e sombra azul nos olhos.

A obra é proveniente da coleção da Fundação Thomas e Doris Ammann, com sede em Zurique, na Suíça, e todos os rendimentos conseguidos com a sua venda serão entregues a uma entidade dedicada a melhorar a vida das crianças em todo o mundo, “criando sistemas de apoio para prestação de cuidados de saúde e programas educacionais”.

De acordo com o comunicado, a leiloeira espera que esta venha a ser "a obra de arte mais cara do século XX", e torne este "o leilão filantrópico de valor mais elevado" desde a venda da coleção privada dos milionários norte-americanos Peggy e David Rockefeller, em 2018.

Alex Rotter, chefe do departamento de arte dos séculos XX e XXI da Christie's, apelida o retrato como "a mais importante pintura do século XX a ir a leilão numa geração": "A Marilyn de Andy Warhol é o pináculo absoluto do American Pop e a promessa do Sonho Americano, encapsulando otimismo, fragilidade, celebridade e iconografia de uma só vez", explicou o responsável. 

Rotter coloca ainda a obra ao nível de pinturas como ‘Nascimento de Vénus’, de Sandro Botticelli, ‘Mona Lisa’, de Leonardo Da Vinci, e ‘Les Demoiselles d'Avignon’, de Pablo Picasso, considerando-a "uma das melhores pinturas de todos os tempos".

Warhol começou a criar serigrafias de Monroe após a morte da artista, em agosto de 1962. Ao todo, produziu quatro obras, conhecidas como as ‘Shot Marilyns’, todas do mesmo tamanho e com fundos de cores diferentes.

Em 1998, a leiloeira Sotheby's vendeu a obra com Marilyn sobre fundo laranja por 17 milhões de dólares, o equivalente a 15,4 milhões de euros.



 

Os comentários estão desactivados.