Internacional

Vietnamita foi preso ao tentar chegar à Índia de barco para encontrar a sua mulher

O homem chama-se Ho Hoang Hung e deixou Phuket, no sul da Tailândia, no início de março, num pequeno barco inflável. 


Segundo a AFP, um vietnamita que tentava chegar à Índia a remo para se reunir com a sua mulher foi resgatado pela Marinha tailandesa. O casal estava separado há dois anos pelas restrições devido à pandemia da COVID-19.

O homem chama-se Ho Hoang Hung e deixou Phuket, no sul da Tailândia, no início de março, num pequeno barco inflável. Nele, Hung levava somente “galões de água e bolsas de comida desidratada”. O seu objetivo? Cruzar o Golfo de Bengala e chegar à Índia, a 2.000 quilómetros de distância, só para ver a sua mulher.

Na quarta-feira, o homem de 37 anos foi visto por um barco pesqueiro próximo às ilhas tailandesas Similan, a 80 quilómetros do continente.

De acordo com o capitão Pichet Songtan, do centro de comando de Segurança Marítima tailandesa, os pescadores entraram em contacto com as autoridades, que resgataram e prenderam Hung. 

Ho Hoang Hung não possuia mapa, bússola ou GPS. “Estava apenas com as roupas do corpo e levava uma quantidade limitada de água”, contou o capitão.

A viagem começou no Vietname, de onde voou para Banguecoque. Ao saber de que precisaria de um visto parar entrar na Índia, apanhou um autocarro até Phuket e, lá, comprou um bote de plástico.

Segundo a AFP, aparentemente, contido por ventos contrários, avançou pouco nas suas duas semanas de viagem. Agora, será transferido para Phuket, onde será interrogado.

As autoridades tailandesas entraram ainda em contacto com as embaixadas do Vietname e da Índia para que examinem o seu caso.

 

Os comentários estão desactivados.