Vida

Will Smith dá estalo a Chris Rock a meio dos Óscares

O momento, que apanhou o mundo despercebido, já deu que falar nas redes sociais e há quem questione: será que foi espetáculo? Ou a zanga foi mesmo real? 


A 94ª cerimónia dos Óscares que decorreu durante a madrugada desta segunda-feira está a dar que falar em todo o mundo, mas não pelas melhores razões. O evento ficou marcado quando o ator Will Smith deu um estalo na cara a Chris Rock. 

Quando o comediante subiu ao palco, começou a tecer alguns comentários sobre o facto de Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith, ter a cabeça rapada. Comentários esses que não foram muito bem recebidos pelo casal. A atriz revirou os olhos, momento captado pelas câmara de televisão no já conhecido Dolby Theatre, em Los Angeles.

Mas o descontentamento com as piadas de Chris Rock não ficou por aqui. O marido da atriz levantou-se do seu lugar e chegou mesmo a subir ao palco, acabando por dar uma estalada a Chris Rock, que ficou chocado e sem reação. 

O momento, que apanhou o mundo despercebido, já deu que falar nas redes sociais e há quem questione: será que foi tudo uma cena de espetáculo encenada? Ou a zanga foi mesmo real? 

Will Smith, depois de descer do palco e de regressar ao seu lugar, continuava indignado com a atitude de Rock e  deixou claro: "Mantém o nome da minha mulher longe da m**** da tua boca".

O ator, que recebeu o Óscar de Melhor Ator, pediu desculpa à família das tenistas Venus e Serena Williams, na base do filme que lhe deu o prémio, depois de ter agredido o comediante Chris Rock. "A vida imita a arte e eu tornei-me um pai louco, como o meu personagem", disse Will Smith, ao receber o Óscar de Melhor Ator, pelo desempenho em "King Richard", filme centrado na família das tenistas Venus e Serena Williams, e na determinação do seu pai, Richard Williams, em formar campeãs. "Espero que a Academia volte a convidar-me", confessou Will Smith.

Note-se que a mulher de Smith não tem cabelo por sofrer de uma doença autoimune .

 

Os comentários estão desactivados.