Cultura

Arqueólogos encontram 250 caixões e tesouros de múmias de 500 a.C no Egipto

Os objetos datam 500 a.C.

 


Arqueólogos que trabalham perto do Cairo descobriram centenas de antigos caixões egípcios e estátuas de bronze de divindades.

A descoberta, que foi feita num cemitério de Saqqara, continha estátuas dos deuses Anúbis, Amon, Min, Osíris, Ísis, Nefertum, Bastet e Hathor, juntamente com uma estátua sem cabeça do arquiteto Imhotep, que construiu a pirâmide de Saqqara, lê-se no relatório divulgado na segunda-feira pelo Ministério do Turismo e Antiguidades.

“Os 250 caixões, as 150 estátuas de bronze e outros objetos datam por volta de 500 a.C.”, disse o ministério.

Além disso, foi também descoberto um instrumento musical conhecido como sistro e uma coleção de vasos de bronze usados ​​no culto da deusa Ísis.

Caixões de madeira pintados também foram encontrados intactos em covas e continham múmias, amuletos e caixas de madeira. “Também foram encontradas estátuas de madeira de Néftis e Ísis de uma época anterior, ambas com faces douradas”, contaram os responsáveis.

Segundo o El Mundo, um dos caixões continha um papiro bem preservado escrito em hieróglifos, talvez versos do ‘Livro dos Mortos’, e este “foi enviado para o laboratório do Museu Egípcio no Cairo para estudo”, explicou Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades.

Uma coleção de cosméticos, além de pulseiras e brincos, também foram encontrados.

Os caixões serão movidos para exibição no Grande Museu Egípcio que está a ser construído perto das Grandes Pirâmides de Gizé e deve ser inaugurado ainda este ano.

Os comentários estão desactivados.