Vida

Jada Pinkett quer que Will Smith e Chris Rock se reconciliem

"A minha esperança mais profunda é que estes dois homens inteligentes e capazes tenham uma oportunidade para conversarem sobre o que se passou e se reconciliem", assegurou a esposa de Will Smith. 


Durante o seu programa "Red Table Talk", transmitido através do Facebook, Jada Pinkett Smith falou abertamente sobre o episódio polémico que chocou o mundo inteiro, quando o seu marido, Will Smith, deu um estalo a Chris Rock, a meio da cerimónia dos Óscares 2022. A atriz afirmou que gostaria de ver as duas celebridades com o assunto resolvido e que ambos "se reconciliem". 

"A minha esperança mais profunda é que estes dois homens inteligentes e capazes tenham uma oportunidade para conversarem sobre o que se passou e se reconciliem", assegurou a esposa de Will Smith. "No estado atual do mundo, precisamos de ambos, na verdade precisamos uns dos outros mais do que nunca", considerou. Depois do incidente, a família Smith teve de passar por "uma cura profunda". 

Jada Smith sofre de alopecia, uma doença que leva à perda total do cabelo, motivo que esteve no centro da piada de Chris Rock e que levou Will Smith a partir para agressão. No mesmo programa, Jada falou com a mãe de Rio Alred, uma jovem, de 12 anos, que se suicidou por ter sido vítima de bullying devido à mesma doença. 

A atriz contou que foi contactada "por milhares de pessoas" que sofrem de alopecia e que tiveram necessidade de partilhar as suas histórias. "Considerando o que eu passei e o que aconteceu nos Óscares, milhares de pessoas contactaram-me e partilharam as suas histórias", disse, explicando estar "a aproveitar este momento" para proporcionar a todas as pessoas que sofrem de alopécia "a oportunidade de falar sobre como é ter essa condição e informar as pessoas sobre o que é realmente a doença", explicou. 

Os comentários estão desactivados.